O Mundo esta ficando pequeno para tanto lixo!


Tem muita gente que, como eu e você, estão cansadas de ver sujeira se acumulando por ruas, calçadas, praças, terrenos baldios, etc. Por isso, convide seus familiares, amigos e vizinhos para fazerem parte da mudança junto com a gente.

Separe o lixo seco do lixo orgânico, colocando-os em sacos diferentes. 
Papel e papelão, metal, plástico e vidro podem ser reciclados.

Impacto no meio ambiente - Quanto mais reciclarmos, menor será o impacto negativo ao meio ambiente. Alguns materiais como o plástico e o metal, por exemplo, demoram mais de 100 anos para se decompor. E, se ficam expostos, podem contaminar vegetação, solo e animais. 

Escassez de recursos naturais - Cerca de 50% de todo material descartado como lixo pode ser aproveitado ou recuperado como matéria-prima, sendo reutilizado na fabricação de um novo produto. Dessa forma, reduzimos a quantidade de recursos naturais que são extraídos da natureza. 

Saúde pública - O lixo jogado a céu aberto, sem nenhuma precaução, é sinônimo de poluição e doenças, tais como: cólera, disenteria, febre tifóide, leptospirose, peste bubônica, entre outras. No Brasil, as doenças causadas pelo lixo matam mais de 4 mil pessoas ao ano. Além disso, o lixo espalhado na cidade entope bueiros, aumentando a incidência de enchentes. Já a queima do lixo lança no ar dezenas de produtos tóxicos, que variam da fuligem (que afeta os pulmões) às cancerígenas dioxinas (resultantes da queima de plásticos). 

Participe do TERRA LIMPA e ajude a conscientizar e a limpar nossa cidade. Chega de lixo fora do lixo! 

Lembre-se, quem gosta de limpeza, não suja!